Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  |   | 

Facebook Twitter Google+ email email

Anunciar Empresa
Após 40 anos, bairro de Ribas será asfaltado por meio da parceria com o Governo

Após 40 anos, bairro de Ribas será asfaltado por meio da parceria com o Governo

Bairro São Sebastião, um dos bairros mais antigos de Ribas do Rio Pardo, irá receber pavimentação asfáltica por meio da parceria
Tradicional ornamentação da festa de Corpus Christi em Ribas do Rio Pardo reuniu mais de 500 pessoas

Tradicional ornamentação da festa de Corpus Christi em Ribas do Rio Pardo reuniu mais de 500 pessoas

Tradicional ornamentação da festa de Corpus Christi em Ribas do Rio Pardo reuniu mais de 500 pessoas Tapete foi montado na Av. Nelson Lirio e
Mulher joga bebê do décimo andar de prédio em chamas e homem consegue pegar

Mulher joga bebê do décimo andar de prédio em chamas e homem consegue pegar

Um incêndio, que se estendeu por toda a madrugada, destruiu um prédio residencial de 24 andares em Londres, nesta quarta-feira
Incêndio atinge prédio de 24 andares e deixa 6 mortos em Londres

Incêndio atinge prédio de 24 andares e deixa 6 mortos em Londres

74 ficaram pessoas ficaram feridas no incêndio que atingiu a torre Grenfell, no oeste da cidade. Bombeiros descartaram risco de
Ribas do Rio Pardo: Flores, uma ótima opção de presente, confira

Ribas do Rio Pardo: Flores, uma ótima opção de presente, confira

Dia dos namorados merecem flores Para presentear sua namorada a melhor opção é oferecer um presente que com certeza vai agrada-la
Domingo amanhece gelado com geada em várias partes da cidade

Domingo amanhece gelado com geada em várias partes da cidade

Quando a temperatura do ar de uma região cai abaixo do ponto de congelamento da água (0° C), pode ocorrer
Centenas de pessoas amanhecem na fila para receber o FGTS em Ribas do Rio Pardo

Centenas de pessoas amanhecem na fila para receber o FGTS em Ribas do Rio Pardo

Saques do FGTS começaram hoje para nascidos em setembro, outubro e novembro Começa neste sábado (10),  a quarta fase de saques
Conheça em Ribas do Rio Pardo a Boutique Rosa Biju

Conheça em Ribas do Rio Pardo a Boutique Rosa Biju

Dá-se o nome de bijuterias as mercadorias que são produzidas com metais e pedras preciosas de baixo valor econômico que

Aécio Neves pede que sua eventual prisão seja julgada no plenário do STF


aecio
Esta postagem foi publicada em 16 de junho de 2017 Brasil, Notícias Barra Lateral, Política.

Está marcada para terça-feira, na Primeira Turma, o julgamento de dois recursos do senador afastado

AGÊNCIA BRASIL

Brasília – A defesa do senador Aécio Neves (PSDB-MG) pediu hoje (16) ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o pedido de prisão contra ele seja julgado por todos os 11 integrantes da Corte, em plenário, e não pela Primeira Turma, composta por cinco ministros, conforme previsto.

Está marcada para terça-feira, na Primeira Turma, o julgamento de dois recursos: um do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que quer a prisão preventiva de Aécio, e outro do próprio senador pedindo que seja assegurada sua liberdade.

Para julgar a questão, os ministros deverão analisar a aplicação ao caso do artigo 53 da Constituição, segundo o qual os parlamentares “não poderão ser presos, salvo em flagrante de crime inafiançável”.

O advogado Alberto Zacharias Toron, que representa Aécio, argumentou que o tema afeta a relação entre os poderes, e, por isso, deve ser analisado pela composição completa do Supremo, “diante do inegável alcance político/institucional que a controvérsia assume”.

Ao negar um primeiro pedido da PGR pela prisão de Aécio, o ministro Edson Fachin, então relator do caso, mencionou a garantia constitucional do parlamentar, mas disse que, em um momento posterior, o assunto deveria ser melhor discutido em plenário. Entretanto, após a redistribuição do processo, a pedido da defesa, o novo relator, Marco Aurélio Mello, pautou a questão para a Primeira Turma.

Nesta semana, a Primeira Turma do STF decidiu, por 3 votos a 2, manter Andréa Neves, irmã de Aécio, presa preventivamente, ao julgar improcedente um recurso da defesa.

Votaram a favor da prisão os ministros Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux, enquanto o relator, Marco Aurélio Mello, e Alexandre de Moraes votaram pela soltura da investigada.


14 Visualizações

Notícias em Destaque



Publicidades

Tweater

-