Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  |   | 

Facebook Twitter Google+ email email

Anunciar Empresa
Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Duas recomendações do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) pedem a exoneração, em até dez dias, de
Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

A madrugada desta quarta-feira (19) foi gelada em todo o estado de Mato Grosso do Sul, onde a geada se
Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

O aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 terá impacto de R$ 12,7 bilhões nas
Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Leandro Pinheiro, de 28 anos, morreu carbonizado após sofrer um acidente por volta das 20h15 desse sábado (15), na BR-262,
DEFESA VÊ “INVESTIGAÇÃO POLITICAMENTE MOTIVADA” (Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político)

DEFESA VÊ “INVESTIGAÇÃO POLITICAMENTE MOTIVADA” (Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político)

Em nota, os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins, que defendem o ex-presidente Lula, afirmam que "o
Saiba o que vai cair no concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo

Saiba o que vai cair no concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo

Você já está estudando para o concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo? Se você está perdido e
Homem é encontrado morto em quarto de hotel em Ribas do Rio Pardo

Homem é encontrado morto em quarto de hotel em Ribas do Rio Pardo

De acordo com o boletim de ocorrência um homem de 55 anos foi encontrado morto em um dos quartos do
Senadores de MS votam pela aprovação da reforma trabalhista

Senadores de MS votam pela aprovação da reforma trabalhista

Os três senadores de Mato Grosso do Sul votaram a favor da reforma trabalhista, nesta terça-feira (11), em pleito realizado

Arcebispo do Rio critica invasão de igreja por PMs: ‘Lamentável’


servidor
Esta postagem foi publicada em 7 de dezembro de 2016 Brasil, Notícias Barra Lateral, Surreal.

O arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, classificou como “lamentável” o fato de policias militares terem invadido a Igreja São José, no Centro do Rio, na tarde desta terça-feira, para lançar bombas de efeito moral e atirar balas de borracha contra manifestantes. Durante um protesto que acontecia em frente à Alerj, contra o pacote de medidas enviado pelo governo, PMs do Batalhão de Choque forçaram a porta dos fundos da paróquia, localizada ao lado da Casa Legislativa, e subiram às sacadas, de onde atacaram o público.

— Tivemos conhecimento do que aconteceu e, em vistas disso, liguei para o comandante da Polícia Militar, coronel Wolney Dias. Ele afirmou que estão apurando os fatos. A igreja é lugar de paz e nós queremos que continue sendo sinal de paz. Lamentamos muito o acontecido e esperamos que sejam tomadas as medidas cabíveis diante de fato grave — afirma Dom Orani.

Um vídeo recebido pelo “Informe RJO” mostra um policial atirando de dentro do templo. Nas imagens é possível ver os agentes posicionados nas janelas da igreja. Aparentemente, as balas que eles atiram são de borracha.

Em nota, a Irmandade do Glorioso Patriarca São José, que administra a igreja localizada ao lado da Alerj, afirma que abriu um prontuário na polícia contra a “a indevida postura da PM no episódio”. De acordo com um trecho da nota, depois de os agentes usarem o local para atacar os manifestantes, o público se revoltou e, na tentativa de revidar o ataque dos policiais, apedrejou a igreja.

A Polícia Militar usou as redes sociais para se pronunciar sobre as imagens de policiais dentro da igreja. “Foi necessário que policiais do BPChq entrassem na igreja vizinha à ALERJ para coibir ações violentas no interior e no entorno. A PMERJ ressalta que atitudes de agressão e desordem não contribuem positivamente para reivindicações dos servidores”, afirma a corporação.

 

Nota da Irmandade do Glorioso Patriarca São José

“O tumulto sócio-político que tomou conta da São Sebastião do Rio de Janeiro, hoje, 3ªfeira 6.12.2016, chegou até a Igreja de São José, na Av. Presidente Carlos, no começo da tarde.

Por precaução e vigilância ao nosso patrimônio sacro-cultural, em dias de tais manifestações nas imediações da ALERJ – Assembleia Legislativa, sempre tomamos cuidado de fechar portas e janelas de nosso venerando templo mesmo a contra-gosto.

Tropa da PM invadiu a igreja pela porta dos fundos, de aceso dos empregados e, subindo às sacadas, no 2º andar, de lá de cima jogavam bombas de gás lacrimogênio e de efeito moral e gás de pimenta. Os manifestantes se revoltaram e começaram a apedrejar o nosso santuário de 410 anos.

Certamente a Arquidiocese vai nos dirigir caminho a seguir e será importante nota eclesiástica na empresa para que nossa imagem, católica e pacifista, não fique atrelada a desmandos da Policia local. O prontuário aberto na policia, por nós, contra a indevida postura da PM no episodio é RJ-6.12.2016 – 0700119.

Respeitosamente,

Gary Bon-Ali e Lêda Machado

Provedoria

Irmandade do Glorioso Patriarca São José

Igreja de São José Centro”.


91 Visualizações

Notícias em Destaque



Publicidades

Tweater

-