Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  |   | 

Facebook Twitter Google+ email email

Anunciar Empresa
Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Duas recomendações do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) pedem a exoneração, em até dez dias, de
Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

A madrugada desta quarta-feira (19) foi gelada em todo o estado de Mato Grosso do Sul, onde a geada se
Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

O aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 terá impacto de R$ 12,7 bilhões nas
Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Leandro Pinheiro, de 28 anos, morreu carbonizado após sofrer um acidente por volta das 20h15 desse sábado (15), na BR-262,
DEFESA VÊ “INVESTIGAÇÃO POLITICAMENTE MOTIVADA” (Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político)

DEFESA VÊ “INVESTIGAÇÃO POLITICAMENTE MOTIVADA” (Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político)

Em nota, os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins, que defendem o ex-presidente Lula, afirmam que "o
Saiba o que vai cair no concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo

Saiba o que vai cair no concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo

Você já está estudando para o concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo? Se você está perdido e
Homem é encontrado morto em quarto de hotel em Ribas do Rio Pardo

Homem é encontrado morto em quarto de hotel em Ribas do Rio Pardo

De acordo com o boletim de ocorrência um homem de 55 anos foi encontrado morto em um dos quartos do
Senadores de MS votam pela aprovação da reforma trabalhista

Senadores de MS votam pela aprovação da reforma trabalhista

Os três senadores de Mato Grosso do Sul votaram a favor da reforma trabalhista, nesta terça-feira (11), em pleito realizado

Atenção:Novo golpe no WhatsApp já afetou mais de 260 mil usuários no Brasil


whatsapp-892926
Esta postagem foi publicada em 7 de janeiro de 2017 Brasil, Notícias Barra Lateral, Surreal.

Segundo empresa PSafe, golpe promete funcionalidade falsa que ofereceria ao usuário a possibilidade de visualizar as pessoas que o adicionaram no app

Um novo golpe no WhatsApp já enganou mais de 260 mil usuários no Brasil ao prometer uma nova funcionalidade falsa que ofereceria ao usuário a possibilidade de ativar uma função do aplicativo para visualizar as pessoas que o adicionaram.
De acordo com a PSafe, empresa em segurança e performance mobile, o golpe atinge usuários de smartphones com sistema operacional Android no País.
Com a falsa promessa, cibercriminosos induzem usuários a compartilharem a fraude com amigos e a baixarem aplicativos que proporcionam ganhos financeiros aos golpistas.
Antes de ter acesso a informação, é solicitado o compartilhamento do link contendo a fraude com dez amigos e cinco grupos diferentes. A partir disso, o usuário é direcionado a uma página que induz a instalação de outros aplicativos, que não necessariamente contém vírus.
A cada novo aplicativo baixado o hacker ganha dinheiro. Desta forma, ao invés de ter a falsa nova função do WhatsApp liberada, usuários apenas divulgam o golpe e são induzidos a instalar aplicativos.
A seguir, confira dicas de especialistas em segurança da PSafe para manter seu celular protegido:
1. Instale e mantenha atualizado um Antivírus. Com um app de segurança, o usuário poderá checar se a rede wi-fi que ele está acessando é segura ou não e ainda ser alertado se acessar sites maliciosos ou baixar aplicativos infectados
2. Evite clicar em links vindos por mensagens – Nos últimos meses, muitas tentativas de infecção ocorreram via links maliciosos enviados por amigos no WhatsApp.
3. Utilize apenas redes protegidas com senha – Redes que não solicitam senhas são mais arriscadas – pois permitem acesso mais fácil aos hackers – e, por isso, é aconselhável utilizar apenas redes com senhas, que ofereçam algum tipo de criptografia.

53 Visualizações

Notícias em Destaque



Publicidades

Tweater

-