Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  |   | 

Facebook Twitter Google+ email email

Anunciar Empresa
Cavalaria da PMMS garante segurança na Cavalgada em Louvor a Nossa Senhora Aparecida em Ribas do Rio Pardo

Cavalaria da PMMS garante segurança na Cavalgada em Louvor a Nossa Senhora Aparecida em Ribas do Rio Pardo

Campo Grande (MS) – A Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul através do 1° Esquadrão Independente de
Autoridades se unem para controlar incêndio em Ribas do Rio Pardo

Autoridades se unem para controlar incêndio em Ribas do Rio Pardo

Estimativa é de que as chamas consumiram 500 hectares de florestas de eucalipto Equipes do Governo do Estado se uniram a
Homem é espancado e roubado ao sair do Banco do Brasil em Ribas do Rio Pardo

Homem é espancado e roubado ao sair do Banco do Brasil em Ribas do Rio Pardo

O crime aconteceu nesta terça-feira (12), na Avenida Aureliano Moura Brandão, região central da cidade.   De acordo com informações do boletim
6ª CIPM- Polícia militar de Ribas do Rio Pardo divulga balanço da “Operação Independência”

6ª CIPM- Polícia militar de Ribas do Rio Pardo divulga balanço da “Operação Independência”

Foi desencadeada no último dia 7 de setembro no Município de Ribas do Rio Pardo a “Operação Independência” com o
Conheça e saiba usar plantas e flores medicinais, disponíveis na Bim Floricultura em Ribas do Rio Pardo

Conheça e saiba usar plantas e flores medicinais, disponíveis na Bim Floricultura em Ribas do Rio Pardo

Um guia para esclarecer, de vez, como recorrer às propriedades da nossa flora sem correr riscos O uso de plantas para tratar doenças
Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Duas recomendações do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) pedem a exoneração, em até dez dias, de
Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

A madrugada desta quarta-feira (19) foi gelada em todo o estado de Mato Grosso do Sul, onde a geada se
Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

O aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 terá impacto de R$ 12,7 bilhões nas

Brasileiras buscam seios cada vez menores, afirma cirurgiã


peitos
Esta postagem foi publicada em 21 de junho de 2017 Moda & Beleza, Notícias Barra Lateral.

Em média, as brasileiras reduziram em 100ml as próteses no busto — o foco agora está nos glúteos

O boom dos seios fartos pode ter chegado definitivamente ao fim. A cada dia, aumenta a procura nos consultórios dos cirurgiões para a troca das próteses grandes de silicone por versões menores e mais compactas.

A tendência, segundo a cirurgiã plástica Ivanoska Filgueira, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, se confirma cada vez mais nos procedimentos realizados por sua clínica.

“Percebemos atualmente que as mulheres que procuram o implante do silicone e até mesmo as que precisam trocar a prótese optam por tamanhos mais discretos, menos avantajados”, confirma Filgueira.

Segundo a especialista, a queda é considerável. “Já chegamos a usar modelos de até 400ml na época da moda dos seios fartos, mas agora dificilmente uma prótese ultrapassa os 300ml”.

gregoriophotography-instagram-vip

A tendência por seios menores é um reflexo do gosto do brasileiro, mundialmente é conhecido por valorizar o bumbum. “Se por um lado percebemos a redução do tamanho dos seios, há ainda o aumento da procura por glúteos mais avantajados”, conta Ivanoska. Ela relaciona pelo menos três procedimentos para ampliar a silhueta da região: inclusão deprótese de silicone, lipoenxertia (retirada de gordura do corpo para utilização bumbum) e a bioplastia do bumbum, com injeção de produtos biocompatíveis.

Na visão da cirurgiã, além do modismo, a procura por próteses menores também está relacionada com o menor risco de algum tipo de sequela pós-cirúrgica. Ivanoska lembra que as próteses muito grandes, além de já não proporcionarem mais um efeito estético procurado, ferem os tecidos da região, provocando um estiramento do revestimento cutâneo.

“A implicação é o aparecimento de uma série de estrias irreversíveis e que incomodam muitas mulheres. Sem dúvida, o implante de próteses menores implica em menos risco”, explica.


62 Visualizações

Notícias em Destaque



Publicidades

Tweater

-