Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  |   | 

Facebook Twitter Google+ email email

Anunciar Empresa
Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Duas recomendações do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) pedem a exoneração, em até dez dias, de
Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

A madrugada desta quarta-feira (19) foi gelada em todo o estado de Mato Grosso do Sul, onde a geada se
Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

O aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 terá impacto de R$ 12,7 bilhões nas
Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Leandro Pinheiro, de 28 anos, morreu carbonizado após sofrer um acidente por volta das 20h15 desse sábado (15), na BR-262,
DEFESA VÊ “INVESTIGAÇÃO POLITICAMENTE MOTIVADA” (Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político)

DEFESA VÊ “INVESTIGAÇÃO POLITICAMENTE MOTIVADA” (Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político)

Em nota, os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins, que defendem o ex-presidente Lula, afirmam que "o
Saiba o que vai cair no concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo

Saiba o que vai cair no concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo

Você já está estudando para o concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo? Se você está perdido e
Homem é encontrado morto em quarto de hotel em Ribas do Rio Pardo

Homem é encontrado morto em quarto de hotel em Ribas do Rio Pardo

De acordo com o boletim de ocorrência um homem de 55 anos foi encontrado morto em um dos quartos do
Senadores de MS votam pela aprovação da reforma trabalhista

Senadores de MS votam pela aprovação da reforma trabalhista

Os três senadores de Mato Grosso do Sul votaram a favor da reforma trabalhista, nesta terça-feira (11), em pleito realizado

Canadá choca após Suprema Corte “permitir” sexo entre pessoas e animais


cachorro
Esta postagem foi publicada em 16 de junho de 2016 Notícias Barra Lateral, Surreal.

Acusado de promover atividades sexuais entre enteadas e cão da família, homem foi condenado a 16 anos de prisão por abuso sexual, mas absolvido por envolver o animal no crime

O Dia

Corte canadense entendeu que não seria possível provar que houve penetração no cão
Reprodução

Corte canadense entendeu que não seria possível provar que houve penetração no cão
 A Suprema Corte do Canadá causou revolta ao permitir o sexo entre humanos e animais “contanto que não haja penetração”. A medida veio da determinação judicial dada a um homem condenado por 13 acusações de abuso sexual contra suas enteadas, incluindo uma de “bestialidade” (sexo com animais). Identificado como DLW, ele foi condenado a 16 anos de prisão pelos abusos cometidos contra as crianças, mas absolvido por ter envolvido o animal no crime.

A corte aceitou a justificativa dos advogados do homem de que seria impossível provar se houve ou não penetração no animal. A decisão que o absolveu foi por 7 votos a 1.

De acordo com o processo, o acusado passou manteiga de amendoim sobre os órgãos genitais das vítimas e “ofereceu” ao cachorro da família enquanto filmava a ação, de acordo com os registros do tribunal. Organizações que lutam pelos direitos dos animais se manifestaram a respeito e imploraram por uma modernização nas leis retrógradas que não protegem os cães.

“A partir de hoje, a lei canadense permite que abusadores usem animais para sua própria satisfação sexual. Isso é completamente inaceitável, contrário às expectativas da sociedade e não pode continuar”, disse a diretora executiva da organização Animal Justice, Camille Labhuck.


53 Visualizações

Notícias em Destaque



Publicidades

Tweater

-