Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  |   | 

Facebook Twitter Google+ email email

Anunciar Empresa
Autoridades se unem para controlar incêndio em Ribas do Rio Pardo

Autoridades se unem para controlar incêndio em Ribas do Rio Pardo

Estimativa é de que as chamas consumiram 500 hectares de florestas de eucalipto Equipes do Governo do Estado se uniram a
Homem é espancado e roubado ao sair do Banco do Brasil em Ribas do Rio Pardo

Homem é espancado e roubado ao sair do Banco do Brasil em Ribas do Rio Pardo

O crime aconteceu nesta terça-feira (12), na Avenida Aureliano Moura Brandão, região central da cidade.   De acordo com informações do boletim
6ª CIPM- Polícia militar de Ribas do Rio Pardo divulga balanço da “Operação Independência”

6ª CIPM- Polícia militar de Ribas do Rio Pardo divulga balanço da “Operação Independência”

Foi desencadeada no último dia 7 de setembro no Município de Ribas do Rio Pardo a “Operação Independência” com o
Conheça e saiba usar plantas e flores medicinais, disponíveis na Bim Floricultura em Ribas do Rio Pardo

Conheça e saiba usar plantas e flores medicinais, disponíveis na Bim Floricultura em Ribas do Rio Pardo

Um guia para esclarecer, de vez, como recorrer às propriedades da nossa flora sem correr riscos O uso de plantas para tratar doenças
Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Duas recomendações do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) pedem a exoneração, em até dez dias, de
Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

A madrugada desta quarta-feira (19) foi gelada em todo o estado de Mato Grosso do Sul, onde a geada se
Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

O aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 terá impacto de R$ 12,7 bilhões nas
Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Leandro Pinheiro, de 28 anos, morreu carbonizado após sofrer um acidente por volta das 20h15 desse sábado (15), na BR-262,

Carreta desvia de carro da CCR e colide em bitrem na rodovia


acidente-br-163-vr1
Esta postagem foi publicada em 23 de maio de 2017 Destaques 1, Notícias Barra Lateral.

Motorista Everton Welzer, de 26 anos, ficou preso nas ferragens ao se envolver em acidente de trânsito com duas carretas. Colisão aconteceu hoje de manhã, por volta das 10h, no km 477 da BR-163, no anel viário, em Campo Grande.

acidente-carretaxcarreta-anel-viario-valdenir-rezende-11

Testemunhas relataram à reportagem que Everton saiu de São Gabriel do Oeste com carreta vazia e seguia pela rodovia sentido região da saída para Cuiabá. Já o motorista Junior Henrique Vieira, 26 anos, conduzia carreta bitrem carregada com 29 toneladas de carvão de petróleo com destino a Bodoquena.

Junior transitava pela BR quando, pouco antes do Condomínio Dahma, se deparou com veículo da concessionária CCR MS Via, que estaria mal posicionado e em trecho mal sinalizado. Para evitar colisão, motorista desviou do carro da concessionária e direcionou a carreta para o acostamento da pista contrária, momento em que colidiu com o bitrem conduzido por Everton.

Tenente do Corpo de Bombeiros, Victor Shiroma, explicou que Everton ficou preso nas ferragens e socorristas se empenharam durante 30 minutos no trabalho de desencarceramento. Vítima não teve lesões aparentes, estava consciente, orientada e reclamava de dores na perna direita que foi pressionada pelo volante da carreta. Ele foi levado para a Santa Casa.

Ainda de acordo com o tenente, por conta da colisão, teve princípio de incêndio, mas testemunhas conseguiram apagar as chamas que não atingiram o motorista que ficou preso nas ferragens.

Mecânico Rubens Vila Almeida, de 44 anos, trabalha nas proximidades do local do acidente e contou que o veículo da CCR estava em local mal sinalizado e, na ocasião, funcionários faziam a medição da rodovia. “Ao invés de socorrer as vítimas, eles fugiram”, reclamou a testemunha.

correio do estado


63 Visualizações

Notícias em Destaque



Publicidades

Tweater

-