Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  |   | 

Facebook Twitter Google+ email email

Anunciar Empresa
Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Duas recomendações do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) pedem a exoneração, em até dez dias, de
Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

A madrugada desta quarta-feira (19) foi gelada em todo o estado de Mato Grosso do Sul, onde a geada se
Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

O aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 terá impacto de R$ 12,7 bilhões nas
Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Leandro Pinheiro, de 28 anos, morreu carbonizado após sofrer um acidente por volta das 20h15 desse sábado (15), na BR-262,
DEFESA VÊ “INVESTIGAÇÃO POLITICAMENTE MOTIVADA” (Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político)

DEFESA VÊ “INVESTIGAÇÃO POLITICAMENTE MOTIVADA” (Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político)

Em nota, os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins, que defendem o ex-presidente Lula, afirmam que "o
Saiba o que vai cair no concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo

Saiba o que vai cair no concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo

Você já está estudando para o concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo? Se você está perdido e
Homem é encontrado morto em quarto de hotel em Ribas do Rio Pardo

Homem é encontrado morto em quarto de hotel em Ribas do Rio Pardo

De acordo com o boletim de ocorrência um homem de 55 anos foi encontrado morto em um dos quartos do
Senadores de MS votam pela aprovação da reforma trabalhista

Senadores de MS votam pela aprovação da reforma trabalhista

Os três senadores de Mato Grosso do Sul votaram a favor da reforma trabalhista, nesta terça-feira (11), em pleito realizado

Dois paraquedistas morrem após se chocarem durante salto no interior de SP


paraquedistas
Esta postagem foi publicada em 30 de junho de 2016 Brasil, Notícias Barra Lateral.

 Grupo com cerca de trinta paraquedistas treinava a formação de arcos olímpicos no ar
Reprodução

Grupo com cerca de trinta paraquedistas treinava a formação de arcos olímpicos no ar

Os paraquedistas Marcos Guilherme Padilha, de 47 anos, e Gustavo Correa Garcez, de 39, morreram depois de se chocarem no ar durante um salto com outros atletas, no fim da tarde de quarta-feira (29) em Boituva, no interior de São Paulo. Com o choque, os paraquedas se enrolaram e perderam a sustentação. Um deles ainda foi socorrido com vida, mas não resistiu.

Os paraquedistas estavam em treinamento no Centro Nacional de Paraquedismo (CNP) para tentar bater um recorde de formação em novembro deste ano. O grupo com cerca de trinta paraquedistas treinava a formação de arcos olímpicos no ar – uma homenagem à Olimpíada no Brasil neste ano. O avião havia decolado por volta da 16h30 e todos saltaram. Marcos e Gustavo acabaram se chocando no ar e desceram praticamente em queda livre.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Boituva, Garcez ainda estava vivo quando foi socorrido. Os dois foram levados para o Hospital São Luis, na própria cidade, onde foram constatados os óbitos. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Itapetininga.

Os dois paraquedistas eram experientes. Garcez saltava há mais de 15 anos e foi oito vezes recordista brasileiro e sul-americano de saltos de grandes formações. Seu corpo será cremado na capital paulista, onde morava. Já o corpo de Padilha será cremado nesta sexta-feira (1º) em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo.

Outros casos
Em fevereiro deste ano, também no CNP de Boituva, o paraquedista Amilton Vieira, de 38 anos, morreu depois de se chocar com um colega durante o salto e descer em queda livre. Segundo a investigação, ele perdeu a consciência em razão do choque e não conseguiu abrir o paraquedas. O caso ainda é investigado.

Em julho de 2015, um acidente semelhante causou a morte do paraquedista Cláudio Knippel, de 45 anos. Ele bateu em um colega e não conseguiu acionar o equipamento. O paraquedas de emergência não abriu.


76 Visualizações

Notícias em Destaque



Publicidades

Tweater

-