Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  |   | 

Facebook Twitter Google+ email email

Anunciar Empresa
Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Duas recomendações do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) pedem a exoneração, em até dez dias, de
Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

A madrugada desta quarta-feira (19) foi gelada em todo o estado de Mato Grosso do Sul, onde a geada se
Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

O aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 terá impacto de R$ 12,7 bilhões nas
Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Leandro Pinheiro, de 28 anos, morreu carbonizado após sofrer um acidente por volta das 20h15 desse sábado (15), na BR-262,
DEFESA VÊ “INVESTIGAÇÃO POLITICAMENTE MOTIVADA” (Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político)

DEFESA VÊ “INVESTIGAÇÃO POLITICAMENTE MOTIVADA” (Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político)

Em nota, os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins, que defendem o ex-presidente Lula, afirmam que "o
Saiba o que vai cair no concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo

Saiba o que vai cair no concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo

Você já está estudando para o concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo? Se você está perdido e
Homem é encontrado morto em quarto de hotel em Ribas do Rio Pardo

Homem é encontrado morto em quarto de hotel em Ribas do Rio Pardo

De acordo com o boletim de ocorrência um homem de 55 anos foi encontrado morto em um dos quartos do
Senadores de MS votam pela aprovação da reforma trabalhista

Senadores de MS votam pela aprovação da reforma trabalhista

Os três senadores de Mato Grosso do Sul votaram a favor da reforma trabalhista, nesta terça-feira (11), em pleito realizado

“É agora ou nunca”, diz Aécio a Jucá em grampo que PGR diz ser ação para barrar Lava Jato


aecio-joesley
Esta postagem foi publicada em 31 de maio de 2017 Brasil, Destaques 4, Notícias Barra Lateral, Política, Surreal.

“Eu acho que é agora ou nunca, né?”, diz o senador Aécio Neves (PSDB-MG) em um celular grampeado. “Passou do limite, porra. Já devia ter sido”, responde o interlocutor, o também senador Romero Jucá (PMDB-RR). A conversa foi interceptada pela Polícia Federal no dia 13 de abril às 15h48, cerca de 48 horas depois da divulgação do conteúdo das delações premiadas da Odebrecht pelo ministro relator da Operação Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), Edson Fachin.

O diálogo faz parte da denúncia contra Aécio feita pela PGR (Procuradoria-Geral da República) ao tribunal, no âmbito da delação premiada dos irmãos Wesley e Joesley Batista, donos da J&F Investimentos, que controla marcas como Friboi Seara e Havaianas. De acordo com a PGR (Procuradoria-Geral da República), o diálogo integra tratativas dos dois com outros senadores para tentar interferir na Operação Lava Jato. “Além dos anteriores, outros diálogos e tentativas de contato foram aparentemente motivados pelas colaborações premiadas divulgadas às vésperas. A conversa entre os senadores Aécio Neves e Romero Jucá discorre supostamente sobre tal assunto”, diz a procuradoria na denúncia, na qual pede a prisão de Aécio (não concedida pelo ministro Fachin, que apenas o afastou do mandato no Senado). A assessoria do senador afastado nega que tenha havido alguma irregularidade no diálogo (leia mais abaixo)….

Na denúncia oferecida contra Aécio, os procuradores da República lembram o diálogo de Jucá com o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, no qual o atual líder do governo no Senado afirmava que a solução era o impeachment da então presidente Dilma Rousseff, como forma de “estancar a sangria” da Operação Lava Jato no meio político. Machado gravou a conversa escondido e depois ofereceu à PGR na negociação de sua delação premiada A PGR afirma que as duas conversas estão relacionadas e tratam do mesmo assunto: meios de frear as investigações e seus resultados. Antes da delação dos irmãos Batista, Aécio respondia a cinco inquéritos na Operação Lava Jato, a mesma mesma quantidade de Jucá. No diálogo interceptado pela PF, não é possível aferir exatamente sobre o que os dois senadores conversam, apenas que tentam organizar uma reunião entre eles e outros senadores.

Na conversa, Jucá chama Aécio de “meu presidente” e é tratado por este como “meu irmão”. Veja a transcrição do diálogo feita pela PF abaixo:

Aécio – Alô… Jucá – Fala, meu presidente! Aécio- Fala, meu irmão, tudo bem? E aí? Jucá – Tudo firme, na luta, né? Aécio – … (incompreensível)… Jucá – Com tranquilidade, mas… Aécio – É um dano, né? Jucá – É. Você vai estar … –

Aécio – ... (incompreensível)…

Jucá – Com tranquilidade, mas…

Aécio – É um dano, né?

Jucá – É. Você vai estar aqui quando em Brasília?

Aécio – Eu tô programando de voltar… na verdade eu tô em Brasília, no aeroporto, embarcando. E vou… chegar na segunda à noite, tô aqui na terça e segunda à noite e terça-feira o dia inteiro. (Incompreensível)… essa semana é meio morta aqui, num vai?… (incompreensível)..

Jucá – Eu não sei, né? Mas eu acho que a gente… a gente precisava…

Aécio – Conversar.

Jucá – O Jader chega na segunda, eu combinei com ele. Eu acho que a gente precisava na segunda dar uma conversada.

Aécio – Vamos de… vamos ver se na segunda à noite… então… deixa alguma coisa organizada aí.

Jucá – Deixar marcado.

Aécio – Eu tive com o Eunício ontem e falou um pouco da conversa que vocês tiveram aquele dia… (incompreensível)… A última. Eu tô… eu vou fazer o possível para chegar segunda aí mais no início da noite.

Jucá – Tá.

Aécio – Me dá uma ligada pra marcar alguma coisa.

Jucá – Tá, tá.

Aécio – Também eu acho que é agora ou nunca, né?

Jucá – Não, não… deixa eu te falar… ééé… passou do limite, porra. Já devia ter sido.

Aécio – Claro.

Jucá – Agora vamos discutir tudo isso, né? Tá? É importante.

Aécio – Você vê… mas você vê condições?

Jucá – Vejo… vejo…

Aécio – Também vejo. Também acho que… essa forma como está sendo feito isso aí… essa banalização geral da política.

Jucá – Vejo… vejo… é.

Aécio – Então tá bom. Um abraço.

Jucá – Um abraço, OK. Tchau.


171 Visualizações

Notícias em Destaque



Publicidades

Tweater

-