Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  |   | 

Facebook Twitter Google+ email email

Anunciar Empresa
Autoridades se unem para controlar incêndio em Ribas do Rio Pardo

Autoridades se unem para controlar incêndio em Ribas do Rio Pardo

Estimativa é de que as chamas consumiram 500 hectares de florestas de eucalipto Equipes do Governo do Estado se uniram a
Homem é espancado e roubado ao sair do Banco do Brasil em Ribas do Rio Pardo

Homem é espancado e roubado ao sair do Banco do Brasil em Ribas do Rio Pardo

O crime aconteceu nesta terça-feira (12), na Avenida Aureliano Moura Brandão, região central da cidade.   De acordo com informações do boletim
6ª CIPM- Polícia militar de Ribas do Rio Pardo divulga balanço da “Operação Independência”

6ª CIPM- Polícia militar de Ribas do Rio Pardo divulga balanço da “Operação Independência”

Foi desencadeada no último dia 7 de setembro no Município de Ribas do Rio Pardo a “Operação Independência” com o
Conheça e saiba usar plantas e flores medicinais, disponíveis na Bim Floricultura em Ribas do Rio Pardo

Conheça e saiba usar plantas e flores medicinais, disponíveis na Bim Floricultura em Ribas do Rio Pardo

Um guia para esclarecer, de vez, como recorrer às propriedades da nossa flora sem correr riscos O uso de plantas para tratar doenças
Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Duas recomendações do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) pedem a exoneração, em até dez dias, de
Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

A madrugada desta quarta-feira (19) foi gelada em todo o estado de Mato Grosso do Sul, onde a geada se
Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

O aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 terá impacto de R$ 12,7 bilhões nas
Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Leandro Pinheiro, de 28 anos, morreu carbonizado após sofrer um acidente por volta das 20h15 desse sábado (15), na BR-262,

Em Ribas, vereadores ignoram apelo popular e discutem aumento salarial


b2ac482c-ac1d-44e1-9c35-5031dee19a11
Esta postagem foi publicada em 16 de dezembro de 2016 Destaques 1, Notícias Barra Lateral, Notícias em Destaque, Notícias em Destaques Slide Topo, Ribas do Rio Pardo, Surreal.

Sessão extraordinária na Câmara de Ribas discute aumento salarial do próximo prefeito, vice e secretários (Foto: João Danieze)

Sessão extraordinária na Câmara de Ribas discute aumento salarial do próximo prefeito, vice e secretários (Foto: João Danieze)

Os vereadores da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo estão reunidos neste momento em sessão extraordinária para discutir sobre o projeto de lei 001/2016, de autoria do próprio Legislativo, que prevê o reajuste salarial do prefeito, vice-prefeito e secretários municipais para a gestão 2017/2020.

Assinado pelo presidente da Casa, o vereador Sebastião Roberto Collis (PMDB), o projeto de lei é um substitutivo ao projeto de lei 011/2016, de autoria do Executivo, e prevê que o salário do futuro prefeito de Ribas saltará dos atuais R$ 15.563,05 para R$ 20.037,42. Já o vice-prefeito, conforme a proposta, terá salario de R$ 10.018,71 e os secretários municipais passarão a receber R$ 7.388,34 mensais.

Se o reajuste for aprovado pelos vereadores, o próximo prefeito de Ribas do Rio Pardo, Paulo Tucura (PMDB), passará a ganhar o equivalente ao salário do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que recebe atualmente R$ 21,6 mil mensais.

O atual prefeito José Domingos Ramos, o Zé Cabelo, do PSDB, que não disputou a reeleição nas eleições de outubro deste ano, chegou a apresentar um projeto de lei que definia os salários do próximo prefeito, vice e secretaries, mas retirou a proposta.

“Vamos questionar a legalidade desse projeto de lei que está sendo apreciado, porque é tarefa do Executivo definir os subsídios dos integrantes da gestão seguinte, não do Legislativo. A Câmara não pode criar novas despesas”, disse o advogado Joao Alfredo Danieze, um dos líderes do movimento popular em Ribas do Rio Pardo que pede a redução dos salários do prefeito, vice e vereadores para R$ 1.364,46, mesmo valor do salário de um professor em início de carreira no município.

Antes da sessão extraordinária desta sexta-feira havia a expectativa sobre a entrada da proposta de iniciativa popular na pauta de discussão dos vereadores. “Infelizmente a Câmara sentou em cima e não quer discutir o projeto de iniciativa popular”, lamentou Danieze.

Campo Grande News


238 Visualizações

Notícias em Destaque



Publicidades

Tweater

-