Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  |   | 

Facebook Twitter Google+ email email

Anunciar Empresa
Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Duas recomendações do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) pedem a exoneração, em até dez dias, de
Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

A madrugada desta quarta-feira (19) foi gelada em todo o estado de Mato Grosso do Sul, onde a geada se
Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

O aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 terá impacto de R$ 12,7 bilhões nas
Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Leandro Pinheiro, de 28 anos, morreu carbonizado após sofrer um acidente por volta das 20h15 desse sábado (15), na BR-262,
DEFESA VÊ “INVESTIGAÇÃO POLITICAMENTE MOTIVADA” (Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político)

DEFESA VÊ “INVESTIGAÇÃO POLITICAMENTE MOTIVADA” (Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político)

Em nota, os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins, que defendem o ex-presidente Lula, afirmam que "o
Saiba o que vai cair no concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo

Saiba o que vai cair no concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo

Você já está estudando para o concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo? Se você está perdido e
Homem é encontrado morto em quarto de hotel em Ribas do Rio Pardo

Homem é encontrado morto em quarto de hotel em Ribas do Rio Pardo

De acordo com o boletim de ocorrência um homem de 55 anos foi encontrado morto em um dos quartos do
Senadores de MS votam pela aprovação da reforma trabalhista

Senadores de MS votam pela aprovação da reforma trabalhista

Os três senadores de Mato Grosso do Sul votaram a favor da reforma trabalhista, nesta terça-feira (11), em pleito realizado

Grávida fica perdida 4 dias em floresta no AM e dá à luz sozinha, diz família


gravida1700
Esta postagem foi publicada em 6 de dezembro de 2016 Brasil, Notícias Barra Lateral, Surreal.

A agricultora Francisca Souza dos Santos, de 33 anos, é mãe de nove filhos e teve o décimo de maneira inusitada. Ela é moradora de uma área rural no KM 180 da BR 174 – Manaus/Boa Vista (RR). Aos nove meses de gravidez, ela entrou na mata nas proximidades da casa dela para caminhar, ficou perdida por quatro dias e teve o filho, sozinha, na floresta. A mulher foi encontrada neste domingo (4), na margem de um igarapé, com o bebê no colo e ainda com cordão umbilical.

Em entrevista à Rede Amazônica, a agricultora disse que foi caminhar na mata, na quinta-feira (1º). Entretanto, depois de algum tempo andando, ela não conseguiu mais encontrar o caminho de volta para casa. O marido dela, Eurico Feitosa, começou a procurar pela esposa logo depois do sumiço, mas só a encontrou quatro dias depois.

“Ontem [sábado], por volta das 15h, eu reuni o pessoal da comunidade para procurar por ela. Hoje, [domingo] começamos às 6h e quando deu 8h nós a encontramos já com a criança no colo. Ela estava sentada em um tronco, na beira da cachoeira, num córrego que tem lá. Ela vinha andando com a gente, mas estava muito fraca porque já tinha perdido muito sangue”, relata o marido.

Resgate
A agricultora foi encontrada cerca de 12 horas após ter o bebê. Ela sentia dores no corpo e estava com escoriações e picadas de insetos.

Francisca dos Santos fez o próprio parto no meio da mata (Foto: Reprodução / Rede Amazônica)
Francisca dos Santos fez o próprio parto no meio da mata (Foto: Reprodução / Rede Amazônica)

Após ser resgatada, Francisca contou que depois de dar à luz ficou sem forças para procurar a saída, mas conseguiu encontrar água.

“Eu fiquei parada e depois que tive ele eu andei, andei e não achei mais caminho, aí eu agarrei e disse “vou ficar por aqui mesmo”. Eu não tinha mais como sair, aí me acharam e me trouxeram para cá pro hospital”, conta.

Mãe e filho foram levados ao hospital de Presidente Figueiredo, a 117 km de Manaus. De acordo com a equipe médica, o bebê chegou ao local com odor fetal, com placenta e cordão umbilical. Francisca e o bebê passaram por exame e apresentam quadro estável.

* (Colaborou Mara Nascimento, da Rede Amazônica)


80 Visualizações

Notícias em Destaque



Publicidades

Tweater

-