Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  |   | 

Facebook Twitter Google+ email email

Anunciar Empresa
Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Duas recomendações do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) pedem a exoneração, em até dez dias, de
Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

A madrugada desta quarta-feira (19) foi gelada em todo o estado de Mato Grosso do Sul, onde a geada se
Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

O aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 terá impacto de R$ 12,7 bilhões nas
Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Leandro Pinheiro, de 28 anos, morreu carbonizado após sofrer um acidente por volta das 20h15 desse sábado (15), na BR-262,
DEFESA VÊ “INVESTIGAÇÃO POLITICAMENTE MOTIVADA” (Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político)

DEFESA VÊ “INVESTIGAÇÃO POLITICAMENTE MOTIVADA” (Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político)

Em nota, os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins, que defendem o ex-presidente Lula, afirmam que "o
Saiba o que vai cair no concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo

Saiba o que vai cair no concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo

Você já está estudando para o concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo? Se você está perdido e
Homem é encontrado morto em quarto de hotel em Ribas do Rio Pardo

Homem é encontrado morto em quarto de hotel em Ribas do Rio Pardo

De acordo com o boletim de ocorrência um homem de 55 anos foi encontrado morto em um dos quartos do
Senadores de MS votam pela aprovação da reforma trabalhista

Senadores de MS votam pela aprovação da reforma trabalhista

Os três senadores de Mato Grosso do Sul votaram a favor da reforma trabalhista, nesta terça-feira (11), em pleito realizado

Homem bateu cabeça da esposa na parede antes de matá-la com tiro no pescoço


edhem-e-elizangela
Esta postagem foi publicada em 30 de dezembro de 2016 Notícias Barra Lateral, Notícias da Região.

Edhem Araújo Silva foi preso hoje à tarde, na casa de uma garota de programa

Edhem Araújo Silva, 34 anos, foi preso há pouco, na casa de uma garota de programa, no Bairro Jardim Anache, em Campo Grande. Ele confessou ter matado a esposa Elizângela Aparecida Barbosa de Oliveira Silva, de 41 anos, na noite de ontem, com tiro no pescoço, na Rua Venâncio Aires, Bairro Jardim Vida Nova.

Conforme o delegado Weber Luciano de Medeiros, da 2º Delegacia de Polícia Civil, no momento da prisão, Edhem disse que não tinha intenção de matá-la. “Chegamos na residência e ele estava escondido no banheiro”, contou ao Portal Correio do Estado.

Em conversa com vizinhos o delegado relatou que na hora do crime o homem estava sob efeito de drogas. “Testemunhas disseram que ele estava totalmente transtornado. Que bateu a cabeça dela na parede e depois efetuou os disparos”, pontuou o delegado.

Usuário de drogas, antes de matar a esposa, Edhem quebrou o forro da casa, achando que a mulher estava o traindo e que o amante estava escondido na caixa d´água. “Depois que ele atirou e caiu em si, colocou a mulher no carro e tentou socorrê-la, mas no meio do caminho acabou a gasolina. Revoltados, os vizinhos destruíram o carro dele”, relatou o delegado.

A dona da casa onde o suspeito foi preso não deve ser autuada. “Ela será ouvida, mas não vejo necessidade de autuá-la como co-autora”, frisou o delegado.

O CASO

Elizângela foi assassinada com tiro no pescoço e o principal suspeito do crime é o marido Edhem Araújo Silva, 34 anos, que tem passagens na polícia pelos crimes de tráfico de drogas, receptação e ameaça. Há ainda a suspeita de envolvimento com facções criminosas.

Testemunhas relataram para a polícia que ouviram gritos e disparo. Quando saíram para ver o que estava acontecendo, vizinhos se depararam com Edhem tentando colocar no carro Elizângela, que levou um tiro no pescoço e estava ensanguentada.

Moradores ajudaram Edhem, mas logo adiante veículo parou por falta de combustível. Ele novamente pediu ajuda para testemunhas, que colocaram a mulher em outro carro e a levaram para o posto de saúde do Bairro Vida Nova.

Edhem deixou Elizângela na unidade de saúde, contratou serviço de mototáxi, voltou para casa, pegou dinheiro, pagou o mototaxista e fugiu a pé. Já a mulher não resistiu ao ferimento e morreu momentos depois de chegar no local.

Elizângela e Edhem conviviam há nove anos e tinham filhos, mas nenhum deles em comum. No Natal, vizinhos ficaram assustados porque Edhem bebeu e efetuou vários tiros para o alto. A polícia acredita que essa mesma arma foi usada no crime.


37 Visualizações

Notícias em Destaque



Publicidades

Tweater

-