Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  |   | 

Facebook Twitter Google+ email email

Anunciar Empresa
Autoridades se unem para controlar incêndio em Ribas do Rio Pardo

Autoridades se unem para controlar incêndio em Ribas do Rio Pardo

Estimativa é de que as chamas consumiram 500 hectares de florestas de eucalipto Equipes do Governo do Estado se uniram a
Homem é espancado e roubado ao sair do Banco do Brasil em Ribas do Rio Pardo

Homem é espancado e roubado ao sair do Banco do Brasil em Ribas do Rio Pardo

O crime aconteceu nesta terça-feira (12), na Avenida Aureliano Moura Brandão, região central da cidade.   De acordo com informações do boletim
6ª CIPM- Polícia militar de Ribas do Rio Pardo divulga balanço da “Operação Independência”

6ª CIPM- Polícia militar de Ribas do Rio Pardo divulga balanço da “Operação Independência”

Foi desencadeada no último dia 7 de setembro no Município de Ribas do Rio Pardo a “Operação Independência” com o
Conheça e saiba usar plantas e flores medicinais, disponíveis na Bim Floricultura em Ribas do Rio Pardo

Conheça e saiba usar plantas e flores medicinais, disponíveis na Bim Floricultura em Ribas do Rio Pardo

Um guia para esclarecer, de vez, como recorrer às propriedades da nossa flora sem correr riscos O uso de plantas para tratar doenças
Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Duas recomendações do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) pedem a exoneração, em até dez dias, de
Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

A madrugada desta quarta-feira (19) foi gelada em todo o estado de Mato Grosso do Sul, onde a geada se
Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

O aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 terá impacto de R$ 12,7 bilhões nas
Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Leandro Pinheiro, de 28 anos, morreu carbonizado após sofrer um acidente por volta das 20h15 desse sábado (15), na BR-262,

Netflix e Spotify mais caros? Senado aprova reforma do ISS com tributação a serviços de streaming


netflixspotify(1)
Esta postagem foi publicada em 15 de dezembro de 2016 Brasil, Ciência e Técnologia, Notícias Barra Lateral, Surreal.

Em setembro, a Câmara dos Deputados havia aprovado um projeto de lei complementar que previa a extensão da cobrança do Imposto sobre Serviços de qualquer natureza (ISS), entre outras atividades, a serviços como Netflix e Spotify. Nesta quarta-feira, 14, o Senado Federal aprovou o texto, com algumas pequenas mudanças.

Em resumo, o texto aprovado prevê cobrança mínima de 2% de ISS em serviços de diversas naturezas, a ser cobrado pelo município de domicílio do consumidor, e não mais onde fica a sede da operadora de cartão de crédito. E proíbe a isenção municipal, com o objetivo de encerrar a chamada guerra fiscal entre as cidades brasileiras.

Além do fim da isenção e obrigatoriedade de cobrança mínima de 2%, a reforma do ISS incluiu diversas atividades a serem tributadas. Entre elas, o processamento de dados e programação e computadores; e conteúdos de áudio, vídeo, imagem e texto em páginas eletrônicas, exceto no caso de jornais, livros e periódicos.

Na prática, serviços de streaming como Netflix, Spotify, Deezer e outros. Isto significa que o valor da assinatura deve aumentar em breve. A taxa mínima é de 2%, mas, como é um imposto municipal, pode haver cidades que cobrem um valor mais alto. No entanto, resta a esperança de que os serviços não repassem a tributação aos clientes.

O Senado aprovou a reforma do ISS com 63 votos a favor e apenas 3 contra. O texto segue para sanção do presidente Michel Temer.

Como votaram os senadores

No total, 66 senadores votaram a reforma do ISS que inclui diversos serviços, entre eles streaming como Netflix e Spotify, nas atividades tributáveis com taxa mínima de 2%. Foram 63 votos a favor e 3 contra. Apenas o PSDB liberou a bancada para votar como quisesse. Todos os outros partidos orientaram pelo sim.

http://www.tudocelular.com/android/noticias/n84324/netflix-spotify-iss-reforma-impostos.html


153 Visualizações

Notícias em Destaque



Publicidades

Tweater

-