Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  |   | 

Facebook Twitter Google+ email email

Anunciar Empresa
Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Duas recomendações do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) pedem a exoneração, em até dez dias, de
Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

A madrugada desta quarta-feira (19) foi gelada em todo o estado de Mato Grosso do Sul, onde a geada se
Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

O aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 terá impacto de R$ 12,7 bilhões nas
Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Leandro Pinheiro, de 28 anos, morreu carbonizado após sofrer um acidente por volta das 20h15 desse sábado (15), na BR-262,
DEFESA VÊ “INVESTIGAÇÃO POLITICAMENTE MOTIVADA” (Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político)

DEFESA VÊ “INVESTIGAÇÃO POLITICAMENTE MOTIVADA” (Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político)

Em nota, os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins, que defendem o ex-presidente Lula, afirmam que "o
Saiba o que vai cair no concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo

Saiba o que vai cair no concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo

Você já está estudando para o concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo? Se você está perdido e
Homem é encontrado morto em quarto de hotel em Ribas do Rio Pardo

Homem é encontrado morto em quarto de hotel em Ribas do Rio Pardo

De acordo com o boletim de ocorrência um homem de 55 anos foi encontrado morto em um dos quartos do
Senadores de MS votam pela aprovação da reforma trabalhista

Senadores de MS votam pela aprovação da reforma trabalhista

Os três senadores de Mato Grosso do Sul votaram a favor da reforma trabalhista, nesta terça-feira (11), em pleito realizado

NOticias do MS: Funcionário acusa guardas de deixarem garota só de calcinha, tumultua e é preso


guarda_municipal_0_0
Esta postagem foi publicada em 21 de junho de 2017 Notícias Barra Lateral, Notícias da Região, Surreal.

Um funcionário do Terminal Rodoviário Campo Grande foi preso na madrugada desta quarta-feira (21), supostamente por tentar defender uma passageira e ofender guardas municipais. Segundo a polícia, o suspeito tentou colocar a mulher e o marido contra os servidores afirmando que eles não tinham autoridade para a ação. Já na versão do trabalhador, a suspeita foi obrigada pelos guardas a ficar só de calcinha no pátio da rodoviária, o que teria provocado a confusão.

A confusão aconteceu por volta das 2 horas, quando uma equipe da guarda realizava a fiscalização na rodoviária. Conforme o boletim de ocorrência, um casal que descia de um ônibus vindo de Ponto Porã foi abordado e depois de liberado, surpreendido pelo funcionário do setor de limpeza do local.

Ele teria perguntado se a mulher havia sido revistada e mesmo com a resposta negativa, começou a falar que os guardas não deveriam abordar a passageira e o marido, que eles não tinham autoridade para isso e que o trabalho deveria ser feito por um policial militar feminino. Com toda a confusão, o funcionário acabou detido e levado à delegacia, onde continuou a ofender a equipe.

Na delegacia o suspeito chegou a ligar para a mulher avisando da prisão e falando que ia demorar porque “polícia é tudo na máfia mesmo”.

No entanto, o ajudante de limpeza do terminal, Oseias Holanda Teixeira, 43 anos, conta uma versão diferente da relatada pela guarda municipal, e acusa a guarnição de abuso de autoridade, pois não havia nenhuma mulher para revistar a jovem, que teria ficado apenas de calcinha durante a abordagem. “Quando vi que eram 4 homens revistando uma menina, eu falei para ela que isso era errado, que só um uma mulher poderia ter feito isso, e depois disso começou a confusão”, lembra.

O funcionário foi levado à delegacia de polícia por suposto crime de desacato, por volta das 2h30 e liberado uma hora depois. Já a jovem suspeita de transportar droga, foi liberada ainda no terminal rodoviária. A administração da rodoviária informou que está averiguando o caso.

Midiamax


41 Visualizações

Notícias em Destaque



Publicidades

Tweater

-