Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  |   | 

Facebook Twitter Google+ email email

Anunciar Empresa
Autoridades se unem para controlar incêndio em Ribas do Rio Pardo

Autoridades se unem para controlar incêndio em Ribas do Rio Pardo

Estimativa é de que as chamas consumiram 500 hectares de florestas de eucalipto Equipes do Governo do Estado se uniram a
Homem é espancado e roubado ao sair do Banco do Brasil em Ribas do Rio Pardo

Homem é espancado e roubado ao sair do Banco do Brasil em Ribas do Rio Pardo

O crime aconteceu nesta terça-feira (12), na Avenida Aureliano Moura Brandão, região central da cidade.   De acordo com informações do boletim
6ª CIPM- Polícia militar de Ribas do Rio Pardo divulga balanço da “Operação Independência”

6ª CIPM- Polícia militar de Ribas do Rio Pardo divulga balanço da “Operação Independência”

Foi desencadeada no último dia 7 de setembro no Município de Ribas do Rio Pardo a “Operação Independência” com o
Conheça e saiba usar plantas e flores medicinais, disponíveis na Bim Floricultura em Ribas do Rio Pardo

Conheça e saiba usar plantas e flores medicinais, disponíveis na Bim Floricultura em Ribas do Rio Pardo

Um guia para esclarecer, de vez, como recorrer às propriedades da nossa flora sem correr riscos O uso de plantas para tratar doenças
Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Duas recomendações do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) pedem a exoneração, em até dez dias, de
Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

A madrugada desta quarta-feira (19) foi gelada em todo o estado de Mato Grosso do Sul, onde a geada se
Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

O aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 terá impacto de R$ 12,7 bilhões nas
Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Leandro Pinheiro, de 28 anos, morreu carbonizado após sofrer um acidente por volta das 20h15 desse sábado (15), na BR-262,

Presidente do Paraguai veta Orçamento de 2017 após Senado aprovar limite à dívida


2
Esta postagem foi publicada em 26 de dezembro de 2016 Destaques 1, Mundo, Notícias Barra Lateral.

ASSUNÇÃO – O presidente do Paraguai, Horácio Cartes, vetou nesta segunda-feira o Orçamento do país em 2017, em uma decisão sem precedentes tomada para evitar o risco de o país dar o calote depois de o Senado incluir um limite no montante de dívida que o governo pode emitir.

O veto significa que o Orçamento de 2016 seguirá vigente no próximo ano. O veto ainda pode derrubado pelo Congresso, mas a oposição não tem a maioria de dois terços necessária nas duas Casas do Parlamento.

Em carta enviada ao Congresso nesta segunda-feira, o governo disse que decidiu vetar o Orçamento porque o limite à dívida geraria “um risco para a capacidade do Estado de cumprir com suas obrigações”.

“Essa não foi uma decisão simples”, escreveu o ministro das Finanças paraguaio, Santiago Peã, na mensagem. “Avaliamos todas as alternativas, mas… as mudanças que eles fizeram colocam em risco os elementos fundamentais do funcionamento apropriado da economia.”

O Senado restringiu o montante de bônus que o governo pode emitir para 349 milhões de dólares, menos do que os 558 milhões de dólares propostos. A medida teria reduzido a quantidade de dinheiro que o governo poderá levantar para pagar a dívida existente para 132 milhões de dólares, contra os 305 milhões de dólares propostos.

O país sul-americano emitiu 1,88 bilhão de dólares em bônus internacionais sob o governo Cartes, um ex-magnata do Partido Colorado, de centro-direita.

A decisão de vetar o Orçamento vem em meio a uma disputa entre Cartes, membros de seu próprio partido e a oposição antes da próxima eleição em 2018 por conta de uma proposta de emenda à Constituição que permitiria que os presidentes tentassem um segundo mandato.

(Reportagem de Daniela Desantis)

Reuters


104 Visualizações

Notícias em Destaque



Publicidades

Tweater

-