Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  |   | 

Facebook Twitter Google+ email email

Anunciar Empresa
Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Duas recomendações do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) pedem a exoneração, em até dez dias, de
Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

A madrugada desta quarta-feira (19) foi gelada em todo o estado de Mato Grosso do Sul, onde a geada se
Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

O aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 terá impacto de R$ 12,7 bilhões nas
Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Leandro Pinheiro, de 28 anos, morreu carbonizado após sofrer um acidente por volta das 20h15 desse sábado (15), na BR-262,
DEFESA VÊ “INVESTIGAÇÃO POLITICAMENTE MOTIVADA” (Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político)

DEFESA VÊ “INVESTIGAÇÃO POLITICAMENTE MOTIVADA” (Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político)

Em nota, os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins, que defendem o ex-presidente Lula, afirmam que "o
Saiba o que vai cair no concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo

Saiba o que vai cair no concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo

Você já está estudando para o concurso da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo? Se você está perdido e
Homem é encontrado morto em quarto de hotel em Ribas do Rio Pardo

Homem é encontrado morto em quarto de hotel em Ribas do Rio Pardo

De acordo com o boletim de ocorrência um homem de 55 anos foi encontrado morto em um dos quartos do
Senadores de MS votam pela aprovação da reforma trabalhista

Senadores de MS votam pela aprovação da reforma trabalhista

Os três senadores de Mato Grosso do Sul votaram a favor da reforma trabalhista, nesta terça-feira (11), em pleito realizado

Rapaz do Ceará faz teste de gravidez ‘por brincadeira’ e descobre câncer raro


jovem
Esta postagem foi publicada em 7 de julho de 2017 Brasil, Notícias Barra Lateral, Notícias em Destaque, Saúde.

Sou ou muito brincalhão”. É assim que Gerardo Filho, estudante de técnicas de enfermagem, explica por que fez o teste de gravidez com urina que acabou revelando um câncer espalhado pelo pulmão, peito e crânio do jovem. A família do rapaz de 18 anos começou uma campanha de doação para custear cirurgia e tratamento com especialistas em São Paulo.

O teste aconteceu em fevereiro deste ano, depois de Gerardinho, como é conhecido, ter procurado atendimento médico para acabar com algumas dores nas costas e, com a piora dos sintomas, ter expelido sangue pela boca. De acordo com o rapaz, os médicos acreditavam que Gerardinho estava, na verdade, com uma tuberculose. Mas antes mesmo de realizar exame para atestar a doença, o jovem resolveu fazer a brincadeira que culminou em um diagnóstico de câncer do mediastino. Um tumor de células germinativas, cariocarcinoma.

Ele conta que ficou assustado com o resultado positivo do teste, e, por ser estudante da área de saúde, imaginou que a alteração hormonal poderia significar algo mais sério. “Eu não queria abalar minha mãe e minha avó, que tem 91 anos. Pensei em esconder o teste pra saber primeiro o que poderia ser”, explica. O objeto acabou sendo descoberto pela mãe, que, preocupada de que fosse um diagnóstico de gravidez da namorada de Gerardinho, levou o casal até um posto para refazer os exames. E foi assim que o diagnóstico de câncer surgiu.

Médico patologista do hospital Albert Sabin, Carlos Gustavo Hirth explica que o teste de gravidez detecta as taxas do hormônio beta-HCG, que crescem em pacientes com alguns tipos de câncer. “Tumor de célula germinativa é uma forma de câncer, tem capacidade de gerar tecido placentário, parece com placenta, mas é câncer. O coriocarcinoma é a placenta maligna. Tem como característica a produção do beta-HCG, hormônio placentário, e o teste de gravidez é a dosagem desse hormônio”, detalha.

Nos quatro meses seguintes ao diagnóstico, o jovem passou por quatro ciclos de quimioterapia no Instituto Peter Pan, em Fortaleza. Depois, a família procurou uma segunda opinião, em São Paulo. Lá, segundo conta Lígia Bezerra, mãe de Gerardinho, o médico avaliou que o câncer está em uma espécie de estado “adormecido”, e, portanto, seria a melhor hora para fazer a cirurgia.

Gerardo Filho descobriu câncer após fazer um teste de gravidez, que deu positivo (Foto: Gerardo Filho/Arquivo pessoal)Gerardo Filho descobriu câncer após fazer um teste de gravidez, que deu positivo (Foto: Gerardo Filho/Arquivo pessoal)

Gerardo Filho descobriu câncer após fazer um teste de gravidez, que deu positivo (Foto: Gerardo Filho/Arquivo pessoal)

Campanha de doação

Para obter fundos, a família divulgou nas redes sociais a campanha e o site #TodosPeloGerardo. Lançada na última semana, a campanha alcançou, até o momento, cerca de R$ 20.800. A família também está promovendo eventos, como chás e feijoadas beneficentes, para ajudar na arrecadação.

O objetivo é angariar um total de R$ 200 mil. O estudante explica que o orçamento apenas para o procedimento cirúrgico é R$ 98 mil, e a equipe médica custa cerca de R$ 40 mil. Esses valores não contemplam medicações, exames complementares e eventuais complicações durante a internação hospitalar, além de passagens aéreas, inclusive, para viagens de reavaliações médicas em São Paulo.

Os clubes de futebol mais tradicionais do estado, Fortaleza e Ceará, também se mobilizaram em prol da campanha e divulgaram nas redes sociais pedidos de doação a Gerardo.

Risco e esperança

O procedimento, considerado de alto risco, é para retirar as lesões dos tumores no pulmão e peito. Após a recuperação, o rapaz ainda vai precisar passar por radioterapia para eliminar o câncer do crânio.

Questionada sobre a alternativa da família, caso a campanha não alcance o valor estimado, Lígia diz que não há outra possibilidade. “Não tem próximo passo, tem que ser esse. A gente vai ter que se virar pra fazer lá, porque eles deram confiança na cura. A gente não quer sobrevida, a gente quer vida”.

G1.com


37 Visualizações

Notícias em Destaque



Publicidades

Tweater

-