Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  |   | 

Facebook Twitter Google+ email email

Anunciar Empresa
Autoridades se unem para controlar incêndio em Ribas do Rio Pardo

Autoridades se unem para controlar incêndio em Ribas do Rio Pardo

Estimativa é de que as chamas consumiram 500 hectares de florestas de eucalipto Equipes do Governo do Estado se uniram a
Homem é espancado e roubado ao sair do Banco do Brasil em Ribas do Rio Pardo

Homem é espancado e roubado ao sair do Banco do Brasil em Ribas do Rio Pardo

O crime aconteceu nesta terça-feira (12), na Avenida Aureliano Moura Brandão, região central da cidade.   De acordo com informações do boletim
6ª CIPM- Polícia militar de Ribas do Rio Pardo divulga balanço da “Operação Independência”

6ª CIPM- Polícia militar de Ribas do Rio Pardo divulga balanço da “Operação Independência”

Foi desencadeada no último dia 7 de setembro no Município de Ribas do Rio Pardo a “Operação Independência” com o
Conheça e saiba usar plantas e flores medicinais, disponíveis na Bim Floricultura em Ribas do Rio Pardo

Conheça e saiba usar plantas e flores medicinais, disponíveis na Bim Floricultura em Ribas do Rio Pardo

Um guia para esclarecer, de vez, como recorrer às propriedades da nossa flora sem correr riscos O uso de plantas para tratar doenças
Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Duas recomendações do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) pedem a exoneração, em até dez dias, de
Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

A madrugada desta quarta-feira (19) foi gelada em todo o estado de Mato Grosso do Sul, onde a geada se
Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

O aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 terá impacto de R$ 12,7 bilhões nas
Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Leandro Pinheiro, de 28 anos, morreu carbonizado após sofrer um acidente por volta das 20h15 desse sábado (15), na BR-262,

Saiba o que diz a Constituição em caso da saída de Michel Temer da Presidência


jbs
Esta postagem foi publicada em 18 de maio de 2017 Brasil, Notícias Barra Lateral, Política.

O que diz a Constituio em caso da sada de Michel Temer da Presidncia

Do R7

A possível renúncia ou impeachment do presidente Michel Temer (PMDB) abre precedente para algo nunca visto na história do Brasil: uma eleição indireta na qual os parlamentares nacionais escolheriam o novo comandante do País.

Como o Brasil não possuí vice-presidente desde o afastamento da ex-presidente Dilma Rousseff, o primeiro nome da linha sucessória do governo é o do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (PMDB-RJ).

Ele assumiria temporariamente e convocaria uma eleição indireta, já que a chapa que elegeu Temer já completou mais da metade do mandato.

A saída do presidente ganhou destaque após a informação de que Temer teria sido gravado dando o aval para o pagamento de propina para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), segundo informações publicadas pelo jornal O Globo.

Na Câmara, um grupo de deputados já se manifestou no plenário pedindo o impeachment do peemedebista.

Além da abertura de um possível processo de impeachment, Temer pode ser investigação pela PGR (Procuradoria-Geral da República), já que a imunidade não abrange ações no exercício da Presidência.

O que diz a Constituição Federal em caso do afastamento de Temer do poder?

O artigo 81 da Constituição afirma que a realização de eleição indireta para presidente e vice-presidente caso os cargos fiquem vagos na segunda metade do mandato. Ou seja, a partir de 1º de janeiro de 2017.

“Art. 81. Vagando os cargos de Presidente e Vice-Presidente da República, far-se-á eleição noventa dias depois de aberta a última vaga.§ 1º – Ocorrendo a vacância nos últimos dois anos do período presidencial, a eleição para ambos os cargos será feita trinta dias depois da última vaga, pelo Congresso Nacional, na forma da lei.§ 2º – Em qualquer dos casos, os eleitos deverão completar o período de seus antecessores”.

Quem poderia disputar a eleição indireta?

Ainda não está clara a forma como a eleição indireta seria conduzida no Congresso Nacional porque não há uma lei que regulamente o artigo 81 da Constituição.

Não existe a definição também de quem poderia se candidatar ao cargo. A última norma a tratar do assunto é de 1964 e, portanto, pode estar em conflito com a Constituição vigente.

Em 2013, uma comissão mista do Congresso aprovou um PL 5821/2013 com o objetivo de acabar com o vácuo normativo e regulamentar o dispositivo da Constituição, mas a discussão está parada desde então, com o PL pronto para ser votado no plenário da Câmara.

Entre as regras definidas pelo projeto está, por exemplo, a necessidade de que o candidato seja filiado a partido, tenha pelo menos 35 anos de idade e não seja enquadrado na Lei da Ficha Limpa. O PL estabelece, ainda, voto aberto de deputados e senadores para a eleição do novo presidente da República.

Fonte: R7. Com

Ilustração: Clayton- O povo (CE)


54 Visualizações

Notícias em Destaque



Publicidades

Tweater

-