Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  |   | 

Facebook Twitter Google+ email email

Anunciar Empresa
Autoridades se unem para controlar incêndio em Ribas do Rio Pardo

Autoridades se unem para controlar incêndio em Ribas do Rio Pardo

Estimativa é de que as chamas consumiram 500 hectares de florestas de eucalipto Equipes do Governo do Estado se uniram a
Homem é espancado e roubado ao sair do Banco do Brasil em Ribas do Rio Pardo

Homem é espancado e roubado ao sair do Banco do Brasil em Ribas do Rio Pardo

O crime aconteceu nesta terça-feira (12), na Avenida Aureliano Moura Brandão, região central da cidade.   De acordo com informações do boletim
6ª CIPM- Polícia militar de Ribas do Rio Pardo divulga balanço da “Operação Independência”

6ª CIPM- Polícia militar de Ribas do Rio Pardo divulga balanço da “Operação Independência”

Foi desencadeada no último dia 7 de setembro no Município de Ribas do Rio Pardo a “Operação Independência” com o
Conheça e saiba usar plantas e flores medicinais, disponíveis na Bim Floricultura em Ribas do Rio Pardo

Conheça e saiba usar plantas e flores medicinais, disponíveis na Bim Floricultura em Ribas do Rio Pardo

Um guia para esclarecer, de vez, como recorrer às propriedades da nossa flora sem correr riscos O uso de plantas para tratar doenças
Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Ribas do Rio Pardo: Por nepotismo, MPE pede exoneração de sobrinha e cunhado de prefeito

Duas recomendações do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) pedem a exoneração, em até dez dias, de
Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

Frio chega a 3°C em Ribas do Rio Pardo e geada atinge quase todo o município

A madrugada desta quarta-feira (19) foi gelada em todo o estado de Mato Grosso do Sul, onde a geada se
Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

Novo salário mínimo de R$ 979,00 tem impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo em 2018

O aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 terá impacto de R$ 12,7 bilhões nas
Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Tragédia: Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado próximo a Ribas do Rio Pardo

Leandro Pinheiro, de 28 anos, morreu carbonizado após sofrer um acidente por volta das 20h15 desse sábado (15), na BR-262,

Surreal: Mulher fratura pescoço com espirro e sofre nova lesão ao rir de piada


Australiana
Esta postagem foi publicada em 3 de junho de 2017 Mundo, Notícias Barra Lateral, Surreal.

As vértebras C1 e C2 foram fraturadas com o movimento, o que é apontado como algo bastante raro pela circustância

A australiana Monique Jeffrey viveu uma situação incomum em 2012, quando um espirro acabou mudando os rumos de sua vida. Depois de espirra, o pescoço dela deu um forte solavanco e o queixo foi parar no ombro. As vértebras C1 e C2 foram fraturadas com o movimento, o que é apontado como algo bastante raro por conta de um espirro.

Ela estava em casa cuidando da filha bebê quando o incidente aconteceu. A jovem conseguiu enviar uma mensagem para o marido, que voltou para casa do trabalho. Socorrida, Monique precisou ficar por três meses com o pescoço imobilizado enquanto as vértebras se realinhavam.

Em maio deste ano, uma situação parecida voltou a acontecer. Ao rir de uma piada, ela sentiu o pescoço travar de novo. Socorrida imeaditamente, ela fez exames que apontaram a mesma lesão. Monique precisou voltar a ter o pescoço imobilizado.

Atualmente, ela precisa dormir sentada em uma cama especial e evita movimentos muito cansativos. “Tive dois filhos, mas ter de usar isso incomoda mais que a dor do parto”, afirmou ela ao site australiano “News”.

Uma ‘vaquinha’ online busca arrecadar fundos para o tratamento de Monique e já conseguiu levantar a meta de 8 mil dólares australianos. O dinheiro também será usado para pagar contas, já que Monique não está conseguindo trabalhar. Ela deve continuar com o pescoço imobilizado por pelo menos mais dois meses e depois passará por fisioterapia.  “Agora que aconteceu pela segunda vez, corro grave risco se ocorrer uma terceira. Estamos tentando fisioterapia para fortalecer os músculos do pescoço. Se quebrar de novo terei que passar por cirurgia de alto risco”, comentou a australiana.


72 Visualizações

Notícias em Destaque



Publicidades

Tweater

-